comunicacao@ctazm.org.br

Rede Raízes da Mata conquista reconhecimento de produção orgânica pelo Ministério da Agricultura

De acordo com Eugênio Resende (Geninho), um dos técnicos colaboradores da Rede Raízes da Mata, a “OCS” é uma das formas de certificação orgânica que permite a venda de produtos de forma direta (feiras, entrega de cestas, compras institucionais e na propriedade) entre agricultores familiares e consumidores, e pode ser constituída a partir de um grupo informal. Com a certificação, o agricultor familiar também tem a possibilidade de comercializar seus produtos orgânicos através das compras institucionais do Governo Federal, como o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), além do Programa de Aquisição de Alimentos da Agricultura Familiar (PAA Familiar) do Governo de Minas.

Processo para chegar a Certificação 

Desde o começo da Rede Raízes da Mata, o “Controle Social da Produção” é realizado coletivamente por técnicos, professores, estudantes, agricultoras/es familiares, produtores/as e consumidores através de reuniões (muitas dessas de capacitação), mutirões, visitas mensais nas propriedades e locais onde há o processamento de produtos. “A Rede desde o seu início teve como princípios a agroecologia, a gestão compartilhada, a transparência e a economia solidária. É uma relação baseada na confiança e credibilidade, afinal são sete anos de atuação. Não é um grupo que se formou agora e está pedindo a certificação”, destaca Geninho. O Centro de Tecnologias Alternativas da Zona da Mata (CTA-ZM) e a Universidade Federal de Viçosa (UFV) também atuam como parceiros neste trabalho. Agora com o cadastro de OCS, o Ministério da Agricultura/MAPA atuará na fiscalização, fazendo cumprir a Lei dos Orgânicos. “Somos a primeira OCS da microrregião, isso é um reconhecimento do trabalho desses agricultores e de todos que atuam direta ou indiretamente na Rede”, conclui Geninho.

Próximos passos  

No momento, há três famílias da Rede Raízes da Mata com a garantia da qualidade orgânica dos produtos através da OCS, enquanto outras duas famílias de agricultores familiares da Rede já estão no processo. No entanto, a ideia é ampliar o número de agricultores familiares e de outros produtores com a certificação orgânica. Já se articula na Zona da Mata mineira (com parceiros e grupos também de outros municípios como Juiz de Fora, Divino, Ouro Preto, Ponte Nova e Barbacena), a futura constituição de um Sistema Participativo de Garantia (SPG). O SPG é um tipo de Certificação Orgânica que possibilita a comercialização de produtos que não seja somente através da venda direta, ou seja, os produtos também poderão ser vendidos nos mercados convencionais, entre outros locais, a partir do selo “Orgânicos Brasil”.

Como conhecer, comprar e participar da Rede Raízes da Mata?

Os produtos da Rede Raízes da Mata são encontrados na Feira Agroecológica da Violeira, Quintal Solidário (Aspuv - UFV) e nas feiras livres da cidade, além dos pontos fixos no CTA-ZM (Sítio Alfa - Violeira) e na casa 19 da Vila Gianetti, na UFV. O consumidor ainda pode receber em sua casa as cestas de hortifruti e produtos processados. Os interessados em fazer pedidos ou saber mais informações devem acessar o site: http://www.raizesdamata.ufv.br, a página no Facebook: 

facebook.com/rederaizesdamata ou entrar em contato via WhatsApp (31) 9 9635-5051. 

Link da Declaração de Cadastro de Organismo Social:

file:///C:/Users/Wanessa/Downloads/SEI_MAPA%20-%205194222%20-%20Declara%C3%A7%C3%A3o%20de%20Cadastro%20Organismo%20Controle%20Social%20(1).pdf

Autor: Weliton Mateus

Onde Estamos


CTA - Zona da Mata

Sítio Alfa - Violeira - Zona Rural

Caixa Postal 128

CEP: 36.570-000

Viçosa-MG

TelFax: (0xx31) 3892-2000