comunicacao@ctazm.org.br

Estudantes da Licenciatura em Educação do Campo (Licena-UFV) visitam sede do CTA-ZM

Além de professor do Licena, Ferrari é um dos fundadores do CTA, e contou que um dos objetivos da vivência era aprender mais sobre metodologias participativas e como aplicá-las, na perspectiva de que essas metodologias contribuem para estabelecer um diálogo mais profundo do conhecimento popular com o conhecimento científico. “Nós estamos discutindo muito isso nessa disciplina e viemos aqui hoje pra conhecer um pouco da experiência do CTA e das metodologias que o CTA vem desenvolvendo e utilizando no trabalho nas comunidades”, afirmou.

Na primeira visita, em 27/07, as/os estudantes ouviram a técnica Roberta Cardoso, do Programa Mulheres e Agroecologia, apresentar o seu trabalho no projeto GENgiBRe e as metodologias utilizadas com as mulheres nos territórios. Em seguida, uma parte do grupo permaneceu com Roberta para aprender como aplicar especificamente a metodologia do Rio da Vida, enquanto o restante seguiu conhecendo a sede da organização mais de perto. Luzia Araújo e Thiago Fialho, nossos auxiliares do bem estar, foram os responsáveis por atender esta turma (com a colaboração de Daniel Neves, técnico do Programa Sociobiodiversidade), e contaram um pouco sobre a nossa história e os projetos que desenvolvemos, mostrando também o nosso espaço, e os animais e plantas, tão bem cuidados pelos dois. Foi neste momento que Ferrari aproveitou para exercitar com o grupo algumas técnicas do diagnóstico participativo.

Durante a travessia pela sede, os estudantes também foram entendendo mais sobre a rotina diária do trabalho e refletindo sobre o tipo de perguntas e questões que podem ser abordadas durante uma entrevista semiestruturada, para que a pessoa entrevistada fique mais disposta e aberta ao diálogo. Uma das estudantes, Jaqueline Maia, se mostrou muito encantada com tudo o que viu e ouviu. “O CTA é acolhedor, né? Quando eu entrei aqui, meu colega até falou que a minha expressão mudou. E eu falei pra ele: Como não mudar? Aqui é mais natureza, é espaço família, o CTA acolhe muito a gente!”, ela ressaltou.

Ferrari também destacou todo o trabalho que Luzia e Thiago vem realizando: “O que eu vejo é que depois que eles vieram pra cá, eles mudaram a cara do CTA. E eu acho muito importante esse trabalho que eles fazem aqui, então foi uma forma também de dar visibilidade, porque eu mesmo queria saber mais a fundo qual era o trabalho, o que que eles faziam, e acho que foi legal, os estudantes gostaram muito de conhecer”. Para Luzia Araújo foi uma alegria receber e conversar com o grupo: “Eu fiquei muito feliz de ser lembrada e reconhecida”, disse.

Na segunda visita, em 03/08, o grupo todo retornou para fazer a devolutiva, uma etapa importante das metodologias, quando socializaram e apresentaram para a equipe CTA o que aprenderam e refletiram sobre esta vivência e a sua trajetória durante o curso. Ao final, a estudante Gus Costa Rosa leu uma poesia (escrita por ela mesma e inspirada na vivência), que nós também compartilhamos com vocês. Todas as fotos dessa importante visita você encontra aqui.

 

"CTA"

                   Gus Costa Rosa

 

Ces tá ligado que nois combina

Viva a natureza

Esse é o nosso ponto de vista

 

Falando em vista

Que lugar bonito do cara**o

Ces arrasaram

Difícil descrever tudo aquilo que sentimos

Que nos permitimos a observar

Conectados a natureza

Desde a comida até o ar que nois respira

 

Cuidam do ambiente e dos animais

Tratam a natureza como um só corpo

Afinal somos todes iguais

Temos e lutamos pelos mesmos ideais

 

Sem agrotóxico na plantação

Uma pinguela maneirassa

Ainda tem o espaço que o Thiago construiu

Estilo praça

Pedras e plantas moldam o espaço

A Luzia explicando o lugar

Já nos sentimos abraçados

Agraciados

Agradecidos

Abençoados por estarmos vivos

 

Aconchego demais

Nos sentimos acolhidos como se estivéssemos na casa dos nossos pais

 

O professor Eugenio ajudou a construir

Ajudou a plantar

Hoje, 35 anos depois, podemos usufruir

Ver as maravilhas da outra geração

Grato por nos permitir fazer parte da sua história

Seus olhos lacrimejam quando fala da sua memória

 

Da pra ver na sua face

Que essa fase foi maravilhosa

Mesmo com os perrengues apoiou indiretamente

Mesmo que no início vc estivesse sempre presente

 

"Ninguém chegou querendo ensinar nada e sim fazer uma troca de conhecimentos"

Troca de saberes

Permuta, trilhas legais

Educação em espaços formais e informais

Um verdadeiro laboratório vivo, com experiências reais

 

Vimos a trilha do EIV

Antes tudo era plantação de arroz

Hoje tem muito mais diversidades

Além do chiqueiro

Galinheiro e o jardim filtrante com folhas gigantes

Tem lugar pros visitantes dormirem

E a casa de um projeto social

A cozinha, o escritório

A bem vinda

 

Tem vidas

Trocas

Tem comidas

Feiras e o CTA segue no seu ideal, no seu ensinamento

 

Obrigado Roberta e Daniel pela iniciação

Obrigado Luzia e Thiago

Por nos guiar nessa visita

E nos mostrar com carinho e dedicação

Cada conquista

A Anginha não estava presente, mas o nome foi citado

Obrigado a todos por manter vivo esse lindo legado.

 

Autor: Wanessa Marinho

Onde Estamos


CTA - Zona da Mata

Sítio Alfa - Violeira - Zona Rural

Caixa Postal 128

CEP: 36.570-000

Viçosa-MG

TelFax: (0xx31) 3892-2000