comunicacao@ctazm.org.br

Famílias agricultoras distribuem mais de 22 toneladas de alimentos em ação solidária na pandemia

O projeto, que aconteceu em parceria com a Fundação Banco do Brasil, mobilizou 61 famílias agricultoras de 10 municípios da Zona da Mata mineira, que produziram, com cuidado e respeito à terra, alimentos que chegaram ao município de Viçosa para serem entregues a 500 famílias em situação de vulnerabilidade social. Foram mais de 22 toneladas de comida de verdade, produzida por mãos que respeitam o “tempo da natureza” e alimentam pessoas em situação de insegurança alimentar.

Todo esse processo foi de extrema importância para nós. Vivemos em uma sociedade que produz desigualdades, porque só assim ela pode servir a quem tem mais recursos. Nesse contexto de pandemia, provocado pela Covid-19, isso se torna ainda mais evidente. Para enfrentar essa desigualdade social, que gera fome, precisamos fortalecer a agricultura familiar e a Agroecologia.

A agricultura familiar é a principal responsável pela produção de alimentos; são as mãos das mulheres e homens do campo que cultivam cerca de 70% de comida no país. Fortalecer a Agricultura Familiar é, portanto, garantir a segurança e soberania alimentar de um país que volta a se aproximar da triste realidade do Mapa da Fome, do qual já havíamos nos distanciado desde 2014.

Nesse momento em que tantos desafios nos são colocados, a agricultura familiar manifesta, novamente, sua força e seu potencial produtivo e de solidariedade. Ações como a que executamos nas últimas semanas se mostram fundamentais porque evidenciam alternativas solidárias e democráticas de acesso à alimentação digna. É importante destacar que essa ação só foi possível porque não estamos sozinhos. Agradecemos a cada parceira e parceiro que dedicou seu tempo e seu esforço nesse momento – são instituições, organizações, cooperativas, escolas e muitas pessoas que estiveram conosco no processo de organização e distribuição das cestas. Agradecemos, também, à Fundação Banco do Brasil, à cooperativa de crédito COOPERFORTE e às empresas do conglomerado Banco do Brasil (BB Seguros e Banco BV) pelo aporte de recursos que viabilizaram a compra de alimentos da agricultura familiar e distribuição para as famílias que precisam. Agradecemos principalmente às agricultoras e agricultores familiares, verdadeiros protagonistas dessa ação – as mãos que alimentam o nosso país.

 

Mais informações:

Para quem quiser saber mais sobre esta linda ação executada pelo CTA, acesse outras notícias aqui e aqui. Também é possível acessar o álbum de fotos sobre a montagem das cestas e entregas aqui e o álbum com as fotos que as famílias agricultoras enviaram com todo carinho aqui.

 

E, para quem pode e quer contribuir com projetos como este, a Fundação Banco do Brasil "continua recebendo doações para apoiar ações de prevenção e combate ao novo Coronavírus. Os recursos serão utilizados para assistência social, alimentação, cuidados com a saúde, aquisição de insumos e equipamentos hospitalares e repassados à sociedade por meio de entidades privadas sem fins lucrativos e com notória atuação nas áreas de assistência social e saúde".

As doações podem ser feitas por cartão de crédito, débito e transferências em conta corrente:

 

 

Banco do Brasil (001)

Agência: 1607-1

Conta corrente: 19.000-4 – Coronavírus FBB

CNPJ: 01.641.000/0001-33

Mais informações sobre essa e outras iniciativa da Fundação Banco do Brasil, você encontra em: coronavirus.fbb.org.br.

 

Autor: Thalita Rody (Edição Wanessa Marinho/Artes Rodrigo Teixeira)

Onde Estamos


CTA - Zona da Mata

Sítio Alfa - Violeira - Zona Rural

Caixa Postal 128

CEP: 36.570-000

Viçosa-MG

TelFax: (0xx31) 3892-2000