comunicacao@ctazm.org.br

Livro Redes de Agroecologia para o Desenvolvimento dos Territórios: Aprendizados do Programa Ecoforte

O trabalho, desenvolvido pela Articulação Nacional de Agroecologia (ANA), em parceria com a Fundação Banco do Brasil (FBB), o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o Fundo Amazônia, promoveu intercâmbios entre as redes e apoiou a reflexão nos territórios a respeito da atuação das organizações, buscando dar visibilidade aos efeitos positivos gerados pelas ações coletivas de promoção da agroecologia.

Os resultados das 25 redes evidenciam o acerto da estratégia metodológica do Programa Ecoforte de apoiar projetos construídos pelas próprias redes a partir das demandas definidas em seus territórios, baseadas nas suas trajetórias e dinâmicas organizativas nos mais diferentes contextos sociais, ambientais, econômicos, culturais e políticos. Em vez de propor soluções tecnológicas de aplicação universal, o Programa viabilizou o estabelecimento de Unidades de Referência de um conjunto amplo de tecnologias sociais, que puderam ser ajustadas aos diferentes contextos e necessidades. Esta flexibilidade e a confiança nas organizações da sociedade civil foram cruciais para o sucesso desse primeiro ciclo de projetos.

A sistematização mostrou a enorme diversidade de sujeitos sociais e tipos de organização envolvidos nos projetos: participam diretamente das 25 redes sistematizadas, por exemplo, 213 associações; 54 sindicatos e federações; 45 cooperativas; e 38 associações, cooperativas e grupos de mulheres. Essa integração entre sujeitos e organizações contribui para o aprendizado e para o desenvolvimento de inovações. A diversidade de temas mobilizadores da ação das redes é outro dado que impressiona, bem como a capacidade das redes de conectá-los nas suas práticas enraizadas territorialmente. Como exemplos, vale citar experiências envolvendo resgate, conservação, multiplicação e uso de sementes crioulas e plantas nativas, beneficiamento da produção, construção social de mercados e processos de certificação participativa da produção orgânica.

Além do site da Articulação Nacional de Agroecologia, o livro também está disponível na "Biblioteca do CTA". Vale a pena a leitura! 

Fonte: agroecologia.org.br

Onde Estamos


CTA - Zona da Mata

Sítio Alfa - Violeira - Zona Rural

Caixa Postal 128

CEP: 36.570-000

Viçosa-MG

TelFax: (0xx31) 3892-2000